BOLO DE ABÓBORA FIT COM FARINHA DE ARROZ DE LIQUIDIFICADOR SEM GLÚTEN SEM LACTOSE

2 semanas atrás escrito por

Eu amo festa junina, na minha família sempre fazemos uma todo ano com uma fogueira bem grande. É sempre uma comilança cheia de guloseimas, por isso achei que ter uma opção mais saudável cairia muito bem. Eu amo receita com grãos cozidos, legumes, tubérculos e por isso achei que criar um bolo de abóbora fit seria uma ótima opção.

Esta receita de bolo de abóbora fit é feito inteiramente no liquidificador e o bolo fica muito macio e aromático, perfeito para acompanhar um copo de quentão. Mas mesmo que você não goste de festas juninas eu tenho certeza que este bolo combina muito bem com qualquer café da tarde.

Receita de bolo de abóbora madura de liquidificador fit sem glúten e sem lactose

BOLO DE ABÓBORA FIT COM FARINHA DE ARROZ

Em praticamente todas as receitas sem glúten você sempre vai encontrar uma combinação de farinhas, isto acontece porque nenhuma farinha sozinha consegue simular as mesmas características da farinha de trigo.

Quando você combina as farinhas de forma equilibrada você consegue alcançar a textura perfeita, aquela que ninguém vai dizer que este bolo de abóbora fit não é um bolo tradicional.

Para esta receita escolhi combinar a farinha de arroz com a farinha de trigo sarraceno e o polvilho doce. Cada uma destas farinhas está fazendo uma função na receita e se você não fizer nenhuma substituição você terá um bolo de abóbora fit equilibrado, flexível e saboroso.

Eu sempre gosto de dar as opções de substituição para você conseguir adaptar a receita em casa, cada substituição tem um motivo, por isso se você quiser fugir das indicações a chance da receita dar errado aumenta.

Claro que eu não testei todas as combinações para a receita, mas com a experiência que adquiri ao longo dos anos posso lhe sugerir as melhores substituições, aquelas que prejudicam menos a textura ideal da receita.

Receita de Bolo de Abóbora Cabotiá assada com farinha de arroz simples de liquidificador

VOCÊ SABIA QUE EXISTE UMA METODOLOGIA POR TRÁS DAS RECEITAS SEM GLÚTEN?

Muitas pessoas se apaixonam por minhas receitas porque elas realmente funcionam, mas o que muitas pessoas não sabem é que existe uma lógica por trás de cada escolha que faço na hora que estou criando uma receita nova.

Quando começamos a cozinhar sem glúten realmente é uma grande confusão, são muitas farinhas e as vezes queremos usar aquelas que temos em casa pra fazer determinada receita.

Não sei você, mas eu já errei muito! E não foi por falta de pesquisa, porque vasculhei a Internet toda pra conseguir achar uma explicação lógica que me explicasse os porquês das farinhas sem glúten. Achei muitas informações duplicadas e que pela minha experiência estavam erradas.

Por isso decidi transformar minha cozinha em meu laboratório e criei minha própria metodologia. Esta metodologia foi testada, aprovada e que realmente funciona! Eu uso ela sempre quando estou criando uma nova receita.

Pra facilitar sua vida eu criei um super atalho, você não precisa mais errar como eu errei para conseguir fazer as melhores substituições. Eu criei um curso online exclusivo que vai te ensinar:

  • Como substituir a farinha de trigo das receitas tradicionais,
  • Como cada uma das 23 farinhas absorvem a água,
  • Criar um MIX exclusivo de farinhas sem glúten pra você fazer em casa,
  • Como substituir e combinar as farinhas sem erros e muitas dicas e bônus especiais que irão te ajudar a criar suas próprias receitas sem glúten.

Se você tem interesse em aprender mais sobre as farinhas sem glúten eu convido você a conferir meu Curso Online – Dominando as Farinhas Sem Glúten: curso-farinhas-sem-glúten-

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O CURSO

Receita de Bolo de Abóbora com farinha de arroz fit sem glúten e sem lactose fofinho

BOLO DE ABÓBORA CABOTIÁ MADURA

Pra começar gostaria de informar que esta receita funciona com qualquer abóbora madura assada ou cozida no vapor, não pode ser cozida na água porque a abóbora absorve líquido e este excesso de umidade vai atrapalhar a textura final do bolo.

Bolo com excesso de umidade costumam ficar abatumados e afundar um pouco depois de assados. Vale lembrar que toda vez que você usa vegetais nas receitas você está sempre com uma variável extra na receita, algumas vezes eles estão mais aguados, mais secos, mais fibrosos… e estas diferenças interferem no resultado final da preparação.

Eu sei que pode ser difícil perceber estas diferenças quando você não tem muita experiência na cozinha, mas vale sempre comparar a textura dos ingredientes ou da textura final da sua massa com a textura original que você vê no vídeo. Eu sugiro que você deixe o celular do lado da bancada e na dúvida assista ao vídeo enquanto prepara a receita.

Eu gosto muito do sabor e da textura macia da abóbora cabotiá e quando ela é assada no forno ela perde umidade e adiciona uma camada extra de sabor. O açúcar natural da abóbora carameliza no forno, ou seja, a abóbora fica mais docinha e com sabor mais intenso.

Receita de bolo de abóbora fit sem glúten com farinha de arroz feita no liquidificador

COMO ESCOLHER A ABÓBORA CABOTIÁ

A abóbora cabotiá é uma abóbora verde grande e com a casca bem dura, também é conhecida como Abóbora Japonesa ou Kabocha. Para escolher uma abóbora cabotiá madura você deve sempre procurar por aquelas com a casca verde e escuro, com partes alaranjadas na parte de baixo e com a casca bem fosca.

Se você pegar uma abóbora cabotiá com a cor verde clara e bem brilhante está abóbora ainda não está madura. Quando a abóbora não está madura ela é menos doce e normalmente mais aguada, esta diferença muda a textura final da receita.

COMO ASSAR A ABÓBORA CABOTIÁ PARA O BOLO DE ABÓBORA FIT

Antes de assar a abóbora eu sempre lavo a casca na torneira esfregando bem com a esponja. Depois coloco sobre uma tábua firme e pego uma faca grande para parti-la ao meio. A casca desta abóbora é bem firme, por isso você vai precisar um pouco de força na hora de abrir.

Depois de abrir ao meio eu retiro todas as sementes e começo fatiar em pedaços menores, quanto menores os pedaços mais rápido eles ficam macios no forno. Costumo cortar pedaços de aproximadamente 5 centímetros de espessura.

Depois cortar toda a abóbora eu coloco-a em uma forma grande de 30 x 40 centímetros e faço furos nos pedaços com um garfo, esta etapa é opcional, mas ajuda a cozinhá-la ainda mais rápido.

Depois desta etapa cubro a forma com papel alumínio com a parte brilhante voltada para a abóbora e levo ao forno aquecido a 200º C por aproximadamente 50 minutos, 1 hora.

Para descobrir se a abóbora está assada é só testar com um garfo, quando o garfo entrar com facilidade e todos os pedaços estiverem macios a abóbora está pronta. Aí é só retirar do forno e esperar esfriar para conseguir manuseá-la com facilidade.

Como está é uma abóbora grande você não precisa se comprometer em comê-la rapidamente para não estragar, ela dura uns 3 dias na geladeira, mas sempre que cozinho uma abóbora cabotiá eu aproveito para congelar em porções de 1 xícara.

Para congelar é muito simples, basta pegar uma colher, raspar a abóbora e colocar dentro de uma xícara medidora (240 ml), você também pode fazer porções de 1/2 xícara, que é ideal para esta receita.

Depois de medir a abóbora em porções eu coloco em um saco plástico adequado para o freezer, pressiono bem para congelar e descongelar mais rápido, fecho o saquinho e congelo por até 3 meses.

Assim sempre que quero usar um pouco de abóbora para engrossar um molho, fazer um bolo ou simplesmente fazer um purê pra comer no almoço é muito mais prático.

Para descongelar você pode tirar o saquinho do freezer e deixar na geladeira de um dia para o outro ou então colocar por alguns minutos no micro-ondas até o completo descongelamento.

Bolo de abóbora simples de liquidificador com abóbora assada e farinha de arroz

Imprimir
Receita de bolo de abóbora fofinho de liquidificador com abóbora cabotiá madura sem glúten e sem lactose

BOLO DE ABÓBORA FIT


  • Autora: Chef Susan Martha
  • Tempo de preparo: 15 minutos
  • Tempo de cozimento: 35 minutos
  • Tempo Total: 50 minutos
  • Rendimento: 16 fatias
  • Categoria: Bolo Simples
  • Métodos: Liquidificador
  • Cozinha: Brasileira

Descrição

Este bolo de abóbora fit é muito fofinho, aromático e simples de preparar! Você só precisa bater tudo no liquidificador e levar para assar.


Ingredientes

  • 3 ovos (150 gramas)
  • 1/2 xícara de açúcar demerara (115 gramas)
  • 1/2 xícara de abóbora cabotiá assada (130 gramas)
  • 1/3 de xícara de óleo de girassol (80 ml)
  • 1 colher de chá de condimento pra bolacha (opcional)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã (15 ml – opcional)
  • 1/2 xícara de farinha de arroz (70 gramas)
  • 1/2 xícara de farinha de trigo sarraceno (65 gramas)
  • 1/2 xícara de polvilho doce (65 gramas)
  • 1 colher de sopa de fermento em pó (15 gramas)

Modo de Preparo

  • No liquidificador adicione os ovos, o açúcar, a abóbora, o óleo, o condimento para bolacha, o sal, o vinagre de maçã e bata bem até formar uma massa líquida e homogênea.
  • Adicione a farinha de arroz, de trigo sarraceno, o polvilho doce e bata novamente. Com uma espátula ajude o liquidificador limpando as laterais até que forme uma massa grossinha e homogênea.
  • Finalize com o fermento em pó e mexa rapidamente com uma espátula.
  • Transfira a massa para uma forma média com furo no meio, untada e polvilhada com um pouco de farinha de arroz. Minha forma mede 22 cm de diâmetro e tem 8 cm de altura, mas você pode assar em uma forma de 20 x 30 centímetros.
  • Asse em forno preaquecido a 180º C por aproximadamente 30, 35 minutos. Faça o teste do palito quando sua casa estiver cheirando a bolo, se sair limpo está pronto. Se assar em uma forma retangular ele assa um pouco mais rápido, fique de olho.
  • Deixe esfriar por completo antes de retirar da forma. Para retirar da forma passe a faca nas laterais e também no centro do bolo. Cubra com um prato e dê umas boas chacoalhadas até o bolo desgrudar.
  • Limpe o excesso de farinha nas laterais com o auxílio de um pincel.

Notas

  • O ovos não são substituíveis nesta receita, sem eles a receita perde totalmente a estrutura e vai virar uma gororoba.
  • Você pode usar qualquer açúcar da sua preferência, com adoçante o bolo fica mais seco e cresce um pouco menos, lembre-se de verificar a conversão para o açúcar, pois cada adoçante é diferente.
  • Você pode usar outros tipos de abóbora ou moranga assada, mas esteja preparado para fazer pequenas correções. Se a abóbora for mais aguada precisará adicionar um pouco de farinha de arroz extra para corrigir a textura.
  • Você pode usar qualquer óleo da sua preferência. Com óleo de coco o bolo fica mais firme e endurece na geladeira.
  • O condimento para bolacha é um mix de especiarias doces que já compro pronto em lojas de produtos naturais vendido à granel. Você pode substituir por canela em pó, um toque de cravo em pó, erva-doce, etc.
  • O vinagre de maçã é opcional, mas ajuda a deixar o bolo mais fofinho. Pode ser substituído por qualquer vinagre ou limão, mas o vinagre de maçã é o que não é perceptível no bolo depois de assado.
  • A farinha de arroz pode ser substituída por farinha de sorgo ou painço.
  • A farinha de trigo sarraceno pode ser substituída por farinha de arroz integral, mas o bolo perde um pouco da elasticidade e da maciez. O trigo sarraceno é rico em fibras que formam um gel em contato com os líquidos da receita, o que faz com que o bolo fique mais fofinho.
  • O polvilho doce pode ser substituído por amido de milho ou araruta.

Informações Nutricionais

  • Rendimento em Porções: 16
  • Calorias: 191
  • Açúcares: 7,8 gramas
  • Sódio: 2%
  • Gorduras Totais: 10%
  • Carboidratos: 10%
  • Fibras: 6%
  • Proteínas: 10%
  • Colesterol: 12%

Receita de bolo de abóbora fofinho de liquidificador com abóbora cabotiá madura sem glúten e sem lactose

DURABILIDADE BOLO DE ABÓBORA FIT

Como esta é uma receita que leva vegetal cozido na massa ela costuma estragar mais rápido, principalmente em cidades mais quentes. Por isso minha sugestão é que se você não consumir em uns 2 ou 3 dias você deve colocar o bolo de abóbora fit já no primeiro dia na geladeira. Refrigerado ele dura uns 5 ou 6 dias e não fica duro.

Se preferir consumir este bolo ao longo dos dias você pode cortar em fatias, colocar em um saco adequado para o freezer ou recipiente que possa ser congelado e congelar por até 3 meses. É importante não sobrepor as fatias porque elas grudam juntas quando congeladas.

Para descongelar as fatias basta colocar na geladeira de um dia para o outro ou no micro-ondas sobre um guardanapo ou papel toalha por 15 segundos de cada lado. O bolo vai parecer ter recém saído do forno.

Bolo de abóbora madura simples de liquidificador com farinha de arroz sem glúten e sem lactose

CONFIRA OUTRAS RECEITAS DE BOLOS SIMPLES DE LIQUIDIFICADOR

 

 

Receita de bolo de abóbora com coco feita no liquidificador, muito simples e prática com abóbora crua e coco fesco

Bolo formigueiro fit sem glúten, sem lactose de liquidificador que fica super fofinho!

Receita de bolo de laranja com a casca de liquidificador fofinho sem glúten e sem lactose

Bolo de Chocolate sem glúten e sem lactose muito proteico e nutritivo é feito com farinha de teff e quinoa! Tão simples e rápido que você não precisa nem de batedeira ou liquidificador pra fazer a massa!

Espero que você tenha gostado desta receita de Bolo de Abóbora Fit e se tiver dúvidas ou sugestões é só deixar um comentário abaixo. Quando você fizer esta receita em casa você pode bater uma foto e me enviar pelo Facebook ou pelo Instragram no @amorpelacomida pra que a gente possa conversar sobre a sua criação!

Para aprender a Dominar as Farinhas Sem Glúten e aprender como substituir a farinha de trigo das receitas clique aqui!

Ah, e se você ainda não é inscrito no Amor Pela Comida no YouTube inscreva-se e fique sempre por dentro das novidades!

Gostou da receita? Comente usando o Facebook

comentários

Receitas por categorias:
Bolos,Tortas e Panquecas

Comentário para BOLO DE ABÓBORA FIT COM FARINHA DE ARROZ DE LIQUIDIFICADOR SEM GLÚTEN SEM LACTOSE

  • Oi!
    Posta receita de pão francês sem gluten??
    Bjosss

    Karine 11/06/2018 15:04
  • Olá Karine, esta receita estará disponível no meu novo curso online de pães modeláveis mais nunca entrará aqui no blog. Beijos

    Chef Susan Martha 11/06/2018 15:07

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu Principal